sábado, maio 26, 2012

“Acima do sucesso deve estar aquilo que você prega e vive”, diz Cassiane. Leia a entrevista

// // Leave a Comment
Cassiane nasceu num lar evangélico. Com apenas 3 anos, já cantava em cultos com o apoio da família. Com apenas 11 meses, contraiu uma doença que até hoje ninguém soube diagnosticar. Numa das crises, levada a um posto médico da região, em Nova Iguaçu, foi dada como morta. Sua mãe, contudo, não aceitou aquele diagnóstico e testemunha que Deus restaurou a vida de sua menina. A cantora foi a primeira mulher a ser nomeada pastora em sua igreja, em 2005.

Enquanto se prepara para ministrar hoje à noite, apesar da voz um pouco rouca, Cassiane, que já tem 30 anos de ministério, falou com nossa equipe sobre como se manter firme no propósito de Deus e a importância do chamado e das raízes para a nova geração de levitas que está se levantando. Confira:

Você já veio algumas vezes em nossa igreja. Para você, como é estar aqui na comemoração dos 45 anos da IBCB?

É…45 anos é uma história e tanto. Eu costumo dizer que a porta que é aberta por Deus não se fecha. Estou feliz e honrada de estar participando do aniversário dessa igreja que tem abençoado tanta gente e tantas famílias.

Você também tem um bom tempo de ministério já, 30 anos louvando e adorando. Qual o segredo para se manter um ministério bem-sucedido por tanto tempo?

É se preocupar em pregar o Evangelho, pois quem faz isso permanece porque o Evangelho não é passageiro. A Palavra de Deus não passa. Acima de cantar, ter CD ou fazer sucesso, deve estar aquilo que você prega e vive. Graças a Deus tenho um ministério e uma igreja. Eu e meu esposo somos acompanhados pelos nossos pastores. Nós levamos o Evangelho e a glória é de Deus.

Temos visto que a música Gospel tem estourado por todo o país. Você vem de uma época onde isso não existia. Qual o perigo do sucesso e da fama para um levita?

Hoje está até, eu acho, um pouco preocupante. As pessoas dormem um “ninguém” e acordam sendo alguém, conhecidos e famosos. Às vezes elas não tem raiz. Aí é perigoso. A pessoa não pode esquecer que foi chamada por Deus e não simplesmente para cantar músicas. Se você tem certeza do seu chamado e está firmado no Senhor, se você está pregando a Palavra, então você é boca de Deus na Terra. É preciso ter cuidado: quem você representa? Você mesmo ou o Evangelho? Que as pessoas vejam Deus em você. Essa deve ser a preocupação de quem é levita na casa de Deus: levar as pessoas a adorarem a Ele. Através de uma música? Sim. A música liberta, cura, salva, transforma? Faz tudo isso. Mas não se esqueça meu irmão, você é instrumento de Deus. E é esse o segredo para se manter um ministério de pé, fazendo a obra do Senhor.

Um dos novos ministros que tem se levantado é o Jotta A, que estará conosco na sexta-feira. É verdade que você foi inspiração para ele?

Jotta A é um fofinho. Eu e Jairinho dirigimos um culto na nossa igreja e levamos ele lá. Eu disse, “olha, vou falar com você como se estivesse falando com minha filha”, pois eles tem a mesma idade. Eu vejo que ele tem muito talento. Eu o conheci pequeninho, cantando, de terno e gravatá, do “reteté” (risos), ministrando nossas músicas e hoje Deus está honrando o ministério dele. “Olha, não esqueça suas raízes, pois Deus te chamou”, eu disse pra ele naquele dia. Glorifico a Deus pela vida do Jotta A, que tem sido levantado como um referencial para essa nova geração. A música “O Extraordinário” foi eu quem dei pra ele. Quando ouvi essa música pensei: o Jotta A pode gravar essa canção. Ele é um dos tantos que Deus está levantando e eu oro pra que o Senhor levante mesmo! Precisamos de bons referenciais em que as pessoas vejam Deus, acima de qualquer coisa.

O culto de hoje à noite começa às 20h e será transmitido ao vivo em nosso site, na página inicial. Além da Pra. Cassiane, estará conosco o Pr. Márcio Rocha, da Comunidade Evangélica da Zona Norte do Rio de Janeiro. Você não pode perder!

Se você tem fotos com a Cassiane envie para nossa equipe contato@cassianenoticias.com.br, não esqueça de colocar seu nome, data e local do evento. Siga - nos no Twitter @BlogCassiane ou deixe seu recado em nosso Mural de Recados.